ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

BIOQUÍMICA ─ EFEITO DA TEMPERATURA

    Como em qualquer outra reacção química, a velocidade duma reacção enzimática aumenta com a temperatura.
    Porém, acima duma temperatura crítica, que varia de enzima para enzima, a velocidade diminui, e a elevadas temperaturas dá-se a desnaturação total do enzima, que se inactiva.
    Um gráfico da velocidade em relação à temperatura constará de 3 partes:
Efeito da temperatura

    Na primeira temos uma recta com inclinação ascendente, em que a reacção é activada pela temperatura.
    Segue-se uma fase em que o aumento de actividade é contrabalançado pela desnaturação.
    Finalmente, quando a maioria das moléculas começa a desnaturar, a actividade diminui ràpidamente.
    Tem interesse especial a determinação do Q10.
    Consiste na relação entre a actividade a uma temperatura e a actividade do mesmo enzima a uma temperatura que difere da primeira em 10 graus (ex: a 37º e a 27º).
    Suponhamos que a actividade dum enzima é 800 U. I. a 37º e 400 U. I. a 27º, o Q10 será igual a 2.
    A maior parte dos enzimas tem valores de Q10 que não se afastam de 2.
    Isto nem sempre sucede.
    Por exemplo, a catalase tem um Q10 ligeiramente superior a 1, enquanto a xantina-oxidase tem um Q10 igual a 4, para uma variação de temperatura entre 37º e 27º.

Sem comentários:

Enviar um comentário