ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

BOTÂNICA & FITOTERAPIA ─ GOIVEIRO AMARELO (CHEIRANTUS CHEIRI L.)

Goiveiro amarelo (Cheirantus cheiri L.)
    O goiveiro amarelo é uma planta cultivada nos jardins, mas também se pode encontrar, em estado selvagem, nos muros e rochedos.
    A raiz é aprumada.
    O caule, a princípio herbáceo, torna-se, por fim, lenhoso na base.
    As folhas são alongadas, mais largas no meio que nas extremidades ─ lanceoladas ─ , sésseis, com os bordos inteiros, e peninérveas.
    As flores estão agrupadas, em cacho, na extremidade do caule.
    O cálice é formado por quatro sépalas iguais, livres e encostadas umas às outras pelos bordos.
    A corola é constituída por quatro pétalas amarelas, livres e iguais.
    Na parte inferioir, incluída no cálice, são adelgaçadas em unha.
    O limbo alarga-se por cima do cálice e é amarelo, com veias escuras.
    As quatro pétalas estão dispostas em cruz, e daí tomam a designação de crucíferas esta e outras com esta característica.
    O androceu é formado por seis estames: dois curtos, mais afastados, e quatro longos, mais aproximados do centro da flor.
    As anteras, alongadas, abrem-se por duas fendas, para dar saída ao pólen.
    O gineceu é composto de um ovário superior, alongado, terminado por um estilete curto, e um estigma bifurcado.
    O ovário provém de dois carpelos alongados, colados pelos bordos.
    Os óvulos estão aderentes ao longo dos bordos, pelos carpelos.
    A princípio, o ovário tem uma só cavidade, mas depois é dividido em dois lóculos, por um falso septo.
    O pólen cai fàcilmente das anteras sobre o estigma; mas como a flor é vistosa, os insectos visitam-na, e contribuem para a polinização.
A ─ Planta florida. B ─ Androceu. C ─ Fruto aberto (silíqua)

    O fruto é uma silíqua, resultado do desenvolvimento do ovário, depois da fecundação.
    É seco e abre-se por quatro fendas, cada uma das quais separa um bordo do carpelo do falso septo.
    Assim se afastam os dois carpelos, como duas válvulas, deixando as sementes a nu, aderentes ao falso septo.
    Aquelas, finalmente, caem.
    As sementes têm um embrião com dois cotilédones carregados de substâncias de reserva.
    
    RESUMO ECOLÓGICO ─ As flores amarelas, reunidas em cacho, são vistosas e atraem de longe os insectos, que se encarregam de transportar o pólen de umas para as outras.

    APLICAÇÃO MEDICINAL ─ O infuso das flores a 5:200 contribui para a regularização no atraso menstrual.

Sem comentários:

Enviar um comentário