ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

terça-feira, 12 de setembro de 2017

ANTROPOLOGIA - DENTES - 4

    No Homem,como em qualquer outro mamífero superior, os dentes grandes molares são os seus dentes mais característicos.
    A ordem de grandeza relativa destes dentes é do tipo:


    M1 > M2 > M3

quer dizer, decresce do primeiro dente grande molar para o terceiro dente grande molar.
    Com efeito, as dimensões relativas aos dentes, particularmente dos dentes grandes molares superiores, possue importância teórica e prática.
    Considerando apenas o grau de variação individual que sempre está presente, pode dizer-se que a partir do Homo erectus que viveu há meio milhão de anos, a ordem decrescente da grandeza destes dentes é do tipo:

M1 > M2 > M3

que é de resto a ordem normal de grandeza na dentição do Homem actual.
    Nos primatas antropóides dos nossos dias, a relação de grandeza correspondente costuma exprimir-se pela fórmula:

M2 > M3 > M1

    A verificação deste facto dimensional e as outras características morfológicas dentárias levaram alguns investigadores, como G. von Koenigswald, em 1980, a valorizarem as possíveis rewlações do Ramapithecus com o género humano e a duvidar do parentesco deste primata fóssil com o Dryopithecus.
Ramapithecus - Reconstituição do seu aspecto morfológico externo. À esquerda, o esquema da sua dentição.
Dryopithecus - Reconstituição do seu aspecto morfológico externo.
Mandíbula de Dryopithecus, com a respectiva arcada dentária.
    O conhecimento dos dentes, sobretudo dos dentes molares, interessa para o estudo da evolução dos primatas superiores e para o rico e polémico problema da hominização.

Sem comentários:

Enviar um comentário