ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

segunda-feira, 3 de julho de 2017

ANATOMIA — SISTEMA LINFÁTICO — VASOS E GÂNGLIOS LINFÁTICOS

Sistema linfático
    O sistema linfático conduz a linfa e verte-a no sistema venoso.
    Transporta também uma grande parte das substâncias absorvidas no tubo digestivo.   
     Estas são recolhidas na mucosa intestinal por vasos linfáticos chamados canais quilíferos.


DISPOSIÇÃO GERAL DO SISTEMA LINFÁTICO

    O sistema linfático é constituído por vasos e por gânglios situados no trajecto dos vasos. 


VASOS
    Os vasos, originados em todas as partes do corpo por uma rede de capilares linfáticos, desembocam em troncos colectores.
    Estes abrem-se nos confluentes venosos da base do pescoço.
    Os vasos linfáticos apresentam os seguintes caracteres principais: são brancos, anastomosados entre si e munidos de válvulas semi-lunares, dispostas regularmente aos pares e muito mais numerosas que nas veias.
    No intervalo das válvulas a parede dilata-se, o que dá ao vaso um aspecto moniliforme
    Os linfáticos dividem-se em superficiais ou supra-aponevróticos e profundos ou sub-aponevróticos.
    Os linfáticos profundos são normalmente satélites dos vasos sanguíneos profundos, enquanto que, entre os linfáticos superficiais, muitos são independentes do trajecto das veias superficiais.


GÂNGLIOS LINFÁTICOS

    Os gânglios linfáticos são formações linfóides situadas no trajecto dos vasos linfáticos.
    A sua forma é variável: globulosos, achatados, alongados ou reniformes.
    As suas dimensões são igualmente muito variáveis: uns são microscópicos, outros atingem o volume duma avelã.
    A sua côr é branca-acinzentada.
    Os gânglios traqueo-brônquicos, frequentemente infiltrados de pó de carvão, são cinzentos ou negros.
    Certos gânglios são solitários.
    A maior parte das vezes estão reunidos em grupos de dois a quinze.
    Cada gânglio recebe por um lado da sua superfície, pela sua convexidade se é reniforme, vasos linfáticos ditos aferentes.
    Do lado oposto emite vasos eferentes, menos numerosos, mas mais volumosos que os vasos aferentes.

Sem comentários:

Enviar um comentário