ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

segunda-feira, 10 de julho de 2017

ANATOMIA — APARELHO RESPIRATÓRIO

    O aparelho respiratório destina-se a pôr em contacto o ar atmosférico com o sangue venoso.
    Este último liberta o ácido carbónico e absorve o oxigénio, transformando-se assim em sangue arterial.
Preparação anatómica do aparelho respiratório com os pulmões em expiração.
   1 — Seio esfenoidal.
    2 — Orifício faríngeo da trompa de Eustáquio.
    3 — Medula espinal.
    4 — Apófise odontóide do axis.
    5 — Istmo da fauce.
    6 — Epiglote.
    7 — Entrada da laringe.
    8 — Esófago.
    9 — Lobo superior do pulmão direito.
   10 — Veia ázigos.
   11 — Ramos da artéria pulmonar.
   12 — Brônquio principal direito.
   13 — Bifurcação da traquéia.
   14 — Afluentes das veias pulmonares direitas.
   15 — Lobo médio do pulmão direito.
   16 — Lobo inferior do pulmão direito.
   17 — Seio frontal.
   18 — Fossa nasal superior.
   19 — Fossa nasal média.
   20 — Fossa nasal inferior.
   21 — Palato duro.
   22 — Palato mole.
   23 — Língua.
   24 — Corda vocal.
   25 — Laringe.
   26 — Traquéia.
   27 — Lobo superior do pulmão esquerdo.
   28 — Artéria pulmonar esquerda.
   29 — Brônquio principal esquerdo.
   30 — Veias pulmonares esquerdas.
   31 — Lobo inferior do pulmão esquerdo.

    O aparelho respiratório compreende:

    1 — Os pulmões, nos quais se produzem as trocas gasosas.
    Os pulmões estão contidos no tórax e envoltos por membranas serosas, as pleuras.

    2 — As vias respiratórias, que levam o ar aos pulmões.
    Estas vias são constituídas pelas fossas nasais, a parte superior da faringe, a laringe, a traquéia e os brônquios.
    A laringe não é sòmente um órgão condutor do ar da respiração.
    Também é o órgão essencial da fonação.  

Sem comentários:

Enviar um comentário