ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

segunda-feira, 12 de junho de 2017

ANATOMIA — CONSTITUIÇÃO DA PELE

    A pele é constituída essencialmente por uma lâmina epitelial, a epiderme, e por uma membrana conjuntiva, a derme.
    A epiderme recobre directamente a derme e molda-se a todas as irregularidades da superfície dérmica, papilas, sulcos, etc.
    Os tegumentos são completados por camadas subcutâneas cujo número e disposição variam conforme as regiões. 
    Na maior parte da sua extensão, a pele é reforçada por três camadas subcutâneas que se sobrepõem da derme à aponevrose pela seguinte ordem: panículo adiposo, fascia superficial e tecido celular subcutâneo:
     O panículo adiposo é composto por lóbulos gordurosos separados uns dos outros por trabéculas conjuntivas.
    Estas trabéculas anexam-se superficialmente à face profunda da derme.
    Na zona mais profunda confundem-se com a fascia superficial.
    A fascia superficial é uma membrana fibrosa, ou fibro-celulosa, que limita à profundidade o panículo adiposo.
    Isto parece ser o resultado da reunião das trabéculas conjuntivas que dividem em comparimentos este panículo.
    O tecido celular subcutâneo está debaixo da fascia superficial e separa-a da aponevrose.
    É formado por lâminas sobrepostas encaixadas muito obliquamente uma sobre a outra e limitando assim entre elas os espaços conjuntivos.
    Este tecido é, pois, de uma grande frouxidão, que permite o deslizamento da pele sobre o plano aponevrótico subjacente.
    É neste tecido celular subcutâneo que passam as principais ramificações vasculares e nervosas subcutâneas.
    Nalgumas regiões (nadegueira, plantar, parte média da palma da mão, etc.), a pele está unida à aponevrose por uma só camada de tecido subcutâneo mais ou menos denso e cerrado segundo a região, formado por lóbulos adiposos, de tecido celular e de tractos conjuntivos estendidos da face profunda da derme à aponevrose:
    Os vasos e os nervos superficiais passam nas artes profundas desta camada.
    Neste caso, a pele está aderente à aponevrose e não existe órgão de deslizamento, isto é, camada celular frouxa subcutânea distinta, nem fascia superficial.

Sem comentários:

Enviar um comentário