ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

segunda-feira, 12 de junho de 2017

ANATOMIA — APARELHOS DE NUTRIÇÃO — APARELHO DIGESTIVO

    Distinguem-se quatro aparelhos de nutrição: aparelho digestivo, aparelho circulatório, aparelho respiratório e aparelho urinário.
    Geralmente, junta-se aos aparelhos de nutrição as glândulas vasculares ou glândulas de secreção interna, se bem que as células dalgumas destas glândulas tenham a mesma origem que os elementos do sistema nervoso simpático.
    

 APARELHO DIGESTIVO
   O aparelho digestivo compõe-se de duas partes:
    
    1º — TUBO DIGESTIVO —  No qual as matérias alimentares sofrem transformações que as tornam assimiláveis.

    2º — GLÂNDULAS — Cujos produtos de secreção contribuem para a digestão das matérias alimentares.

    O tubo digestivo é um canal contínuo, aberto nas duas extremidades e situado em toda a sua extensão à frente da coluna vertebral.
    Começa no orifício bucal e termina no ânus.
    O comprimento no Homem adulto vai de 9 a 10 metros.
    Devido a diferenças de forma, de calibre e de estrutura que apresentam, distinguem-se no tubo digestivo diferentes segmentos: boca, faringe, esófago, estômago, intestino delgado e intestino grosso.
    A boca, a faringe e o esófago estão acima do diafragma.
    O estômago, o intestino delgado e o intestino grosso estão situados sob o diafragma, na cavidade abdomino-pélvica, onde estão em contacto com uma membrana serosa, o peritoneu.
    As glândulas anexas ao tubo digestivo são as glândulas salivares, o pâncreas e o fìgado
    As glândulas salivares, localizadas na proximidade da cavidade bucal, lançam o seu produto de secreção nesta cavidade.
    O pâncreas e o fígado estão situados na cavidade abdominal.
    Os seus canais excretores desembocam num segmento do intestino delgado chamado duodeno

Sem comentários:

Enviar um comentário