ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

sexta-feira, 26 de maio de 2017

BOTÂNICA — DURAÇÃO DAS PLANTAS

    As plantas podem ser anuais, bienais, vivazes e perenes.
    As anuais têm caule herbáceo, e não duram mais de um ano:
Milho (Zea mays)
Centeio (Secale cereale)
    As bienais, durante o primeiro ano, acumulam substâncias de reserva na raiz, como a cenoura (Daucus carota), ou num bolbo, como a cebola (Allium cepa Lin.).
Cenoura (Daucus carota)
Cebola (Allium cepa Lin.)

    Durante o segundo ano utilizam essas reservas, para florir e frutificar, e morrem.
    As vivazes perdem todos os anos a parte aérea, mas conservam a parte subterrânea (rizoma ou bolbo) donde, na Primavera, rebenta novamente a parte aérea, como a grama (Elymus repens), o selo-de-Salomão (Polygonatum odoratum) e o narciso (Narcissus pseudonarcissus).
Grama (Elymus repens)

 
Selo-de-Salomão (Polygonatum odoratum)

Narciso (Narcissus pseudonarcissus)
     As perenes são as que têm um caule desenvolvido e resistente, e mesmo a parte aérea dura vários anos.

Sem comentários:

Enviar um comentário