ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

quinta-feira, 20 de abril de 2017

BIOQUÍMICA — MÉTODOS EMPREGADOS NO ESTUDO DAS PROTEÍNAS — HOMOGENEIZAÇÃO

    HOMOGENEIZAÇÃO

    É o método empregado para extrair as proteínas dos tecidos e solubilizá-las.
    A fim de provocar a ruptura das células e permitir a dissolução do seu conteúdo, são utilizados diversos tipos de aparelhos denominados homogeneizadores:

    1 — HOMOGENEIZADOR DE LÂMINAS — O tecido é colocado num copo de vidro contendo o solvente (soluto de glicose, soro fisiológico, etc.).
    No interior do copo rodam lâminas afiadas a alta velocidade, que a pouco e pouco vão provocando a desintegração do tecido.
Homogeneizador de lâminas
    2 — HOMOGENEIZADOR DE MÓ — Uma mó roda a alta velocidade dentro dum copo de vidro, desfazendo o tecido contra as paredes do copo.
Homogeneizador de mó
     3 — HOMOGENEIZADOR ULTRA-SÓNICO — O copo contendo o tecido é colocado dentro duma câmara, onde um vibrador de titânio emite ultra-sons que produzem a desintegração celular.
Homogeneizador ultra-sónico
    Uma vez feita a homogeneização, é necessário utilizar diversos solventes, a fim de separar os lípidos, e, depois, centrifugar, para separar os restos celulares.
    Dado que um órgão tem numerosas proteínas, utilizam-se, então, processos que nos permitem separá-las, como a seu tempo veremos.

Sem comentários:

Enviar um comentário