ENFERMAGEM

ENFERMAGEM
É ISTO

segunda-feira, 3 de abril de 2017

ANATOMIA — BOLSAS SEROSAS


Bolsa serosa
    Dá-se o nome de bolsas serosas às membranas conjuntivas que limitam uma cavidade fechada por todos os lados e cujo papel é facilitar o deslizamento dos órgãos a que estão anexas.
    As bolsas serosas dividem-se em duas categorias:

    — Bolsas serosas subcutâneas


    — Bolsas serosas anexas aos tendões e aos músculos.

    As bolsas serosas subcutâneas serão descritas com os tegumentos.
    As bolsas serosas anexas aos tendões e aos músculos desenvolvem-se em qualquer lugar onde um tendão deslize sobre uma superfície dura, seja esta superfície óssea, ligamentar ou mesmo tendinosa.
    Desenvolvem-se igualmente entre um tendão e uma superfície óssea quando o tendão entra em contacto com esta superfície.
    As bolsas serosas encontram-se particularmente na proximidade imediata das articulações.
    São primitivamente distintas da cavidade articular e podem ficar sempre independentes desta cavidade.
    Em bastantes casos, contudo, produz-se um desgaste das paredes adossadas da bolsa serosa e da manga capsular e sinovial; a cavidade serosa abre-se assim na cavidade articular.
     Dá-se o nome de bainhas serosas peritendinosas às bolsas serosas cilíndricas que envolvem os tendões contidos numa bainha fibrosa ou ósteo-fibrosa.

Sem comentários:

Enviar um comentário